Galeria de Ex-Presidentes

1.     GALERIA DE EX PRESIDENTES

 

 

Eufran de Oliveira SouzaEufran de Oliveira Souza (falecido em 26/04/2010). Gestão 1977 / 1979. Nasceu na cidade de Mossoró-RN e fez o curso secundário no Colégio Ateneu Norte-Rio-Grandense em Natal (1952 a 1960). No período de 1962 a 1965 cursou Ciências Contábeis e Atuariais; de 1976 a 1978 cursou Direito; e, de 1978 a 1981 cursou Antropologia e Ciências Políticas, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Iniciou sua vida profissional como entregador de jornais em 1954, passando a trabalhar como auxiliar de escritório em 1955 na empresa Alberto Ludgren Tecidos. Suas atividades profissionais são por demais relevantes, esteve em empresas como C. Barros e Cia, Sinval Duarte Pereira S/A, Banco do Brasil – Ag. Currais Novos-RN,  Mineração Tomaz Salustiano em Currais Novos-RN, Tribunal de Contas do RN, Naconta – Natal Contabilidade e Auditoria, Ministério da Fazenda, Tesouro Nacional, Auditor Fiscal da Receita Federal, professor da Escola Técnica de Comércio de Natal, Faculdade Federal de Direiro, APEC, SENAC, ESAF e UFRN. Presidente do CRC RN de 1982 a 1985; do Sindicato dos Empregados do Comércio de 1963 a 1965 e membro-secretário da comissão organizadora e coordenadora da Fundação da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis – 26/05 a 13/07 de 1977; Presidente dessa academia 1977 a 1979,  menbro do conselho consultivo – 1981/1983 – 1983/1985 e 1985/1987; Conselheiro do CFC e Vice-Presidente do controle Interno do CFC. Participou de obras sociais, encontros, seminários, jornadas, recebendo títulos por mérito, o Prêmio Nacional Assis Chateaubriand de Redação.

Francisco Neves OliveiraFrancisco Neves Oliveira. Gestão 1979 / 1981. Nasceu na cidade de Acari/RN em 30 de janeiro de 1949, onde estudou o atual primeiro grau, tendo concluído o curso primário em 1960 e o ginasial em 1964. No final de 1964 veio para Natal, para estudar e trabalhar. No início de 1965, com 16 anos incompletos, começou a trabalhar em contabilidade na empresa Nóbrega & Dantas S/A – Ind. e Comércio. Cursou o Científico no Colégio Padre Miguelinho, no bairro do Alecrim, concluindo o segundo grau em 1967. Ingressou como estudante na UFRN, em 1969, concluindo o Curso de Ciências Contábeis em 1972. Este curso propiciou o seu registro como Contador e possibilitou o exercício da profissão Contábil. De janeiro de 1983 a dezembro de 1985, cursou pós-graduação em Ciências Contábeis (Especialização) pela UFRN. No período de julho de 1987 a agosto de 1989, fez Mestrado em Ciências Contábeis, na Fundação Getúlio Vargas-RJ, tendo defendido dissertação na área de Auditoria, tornando-se o primeiro Mestre em Ciências Contábeis no Rio Grande do Norte. No período de abril de 1997 a junho de 1998, participou de curso intensivo de pós-graduação em Gestão de Negócios (Especialização) ministrado pela Fundação Getúlio Vargas-RJ, com a monografia sobre “Os Ciclos das Telecomunicações Brasileiras”. Detentor de outorgas e comendas: Setembro de 1985 foi agraciado pelo CFC com diploma por serviços de natureza relevantes prestados na qualidade de Conselheiro do CRC-RN; Em 1986, medalha de Honra ao Mérito comemorativa do 40º aniversário da regulamentação da profissão contábil no Brasil, concedida pela XI Convenção Nacional de Contabilistas; Em 2000 pelo CRC-RN com a Medalha de Honra ao Mérito Contábil Prof. Ulisses Celestino de Góis; Em 2009 pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com medalha e diploma, representando o Professor Símbolo do Curso de Ciências Contábeis, nas comemorações pelos 50 anos da UFRN; Participou de diversos simpósios, convenções e congressos, nacionais e internacionais, inclusive como expositor: Novembro de 1987, do Primer Congresso Internacional Y Decimo Congresso Argentino de Professores Universitários de Custos, em Paraná-República Argentina. Em 1988 do XIII Congresso Brasileiro de Contabilidade, em Cuiabá-MT. Ingressou como professor na UFRN em 1985, após ser aprovado em 1º lugar com concurso público, proferindo aulas em cursos de graduação e pós-graduação no RN, e outros Estados da Federação. Trabalha desde 1965 nas áreas de contabilidade, custos, finanças e auditoria. De janeiro de 1965 a julho de 1967 trabalhou na contabilidade de Nóbrega & Dantas S/A; de agosto de 1967 a novembro de 1969 trabalhou na contabilidade e auditoria interna da Telecomunicações do Rio Grande do Norte S/A-Telern; em fevereiro de 1970, já tinha uma boa formação contábil e cursando o 2º ano da Universidade, quando foi contratado como Chefe de Escritório de Confecções Reis Magos S/A, cargo que exerceu até setembro de 1971, quando desligou-se e foi admitido como Chefe de Escritório de Confecções Soriedem S/A, ali permanecendo até fevereiro de 1974. Em fevereiro de 1974, foi contratado como Gerente Financeiro da Telecomunicações do Rio Grande do Norte S/A, ficando como Contador Geral até março de 1977, quando implantou o Departamento de Auditoria Interna, passando a exercer a função de Gerente da Auditoria até sua aposentadoria, em novembro de 1999. Atuou também em entidades de classe: É membro fundador da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis, tendo sido seu Presidente no período de julho/79 a julho/81, e posteriormente, Diretor Cultural 1983 a 1985 e 1987 a 1989. É membro efetivo e fundador do Instituto dos Auditores Internos do Brasil, tendo sido o primeiro Presidente Regional do Rio Grande do Norte, no período de setembro/86 a dezembro/87. Foi conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte, no período de 1978 a 1987, Vice-Presidente Geral, no biênio 1986/87, suplente de vogal da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Norte, no período de 1987/1990. Atualmente, continua lecionando na UFRN, onde ocupa o cargo de Professor Adjunto IV.

Francisco Dantas GuedesFrancisco Dantas Guedes, (falecido em 05/02/2012). Gestão 1981/1983 e 1989/1991. Menino pobre nascido em 14/04/1920, no sítio Pau-Ferro, município de Catolé do Rocha-PB. Conseguiu uma trajetória de sucesso por suas próprias iniciativas, pela sua coragem pessoal e por sua vontade de vencer. Filho de agricultor, o seu desejo de emigrar para melhorar de vida o levou a Jaguaribe-CE, Martins e, finalmente Natal-RN, quando chegou em 1930 para ingressar na escola de aprendizes de marinheiros. Logo largava a farda para trabalhar no comércio e estudar na Escola de Comércio de Natal-RN, concluindo o curso técnico em contabilidade com prerrogativas de Contador em 1946. Em 1952 criou a CISAF – Comércio Indústria de Fibras SA, indústria de beneficiamento e exportação da fibras de sisal e, posteriormente, de castanha de caju. Foi então para Santa Cruz-RN trabalhar com o Major Theodorico Bezerra, líder político, em 1956, apresentando o projeto que marcou sua passagem pelo legislativo, doação da sede do Sindicato dos Contabilistas do RN. Formou-se em Direito em 1958, na primeira turma na UFRN. Conciliou suas atividades empresariais com ações coletivas: de 1964 a 1666 presidiu a Associação Comercial do Rio Grande do Norte; de 1966 a 1971 presidiu a Junta Comercial do RN; Fundador e primeiro Presidente da Associação de Exportadores do RN; Pre4sidente do Sindicato de Fibras Vegetais do RN; Secretario da Federação da Indústria do RN – FIERN; Professor da Faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Atuariais do Estado, fundada pelo Professor Ulysses celestino de Gois; membro efetivo do CRC-RN 1965; membro da comissão organizadora e coordenadora da Fundação da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis – 26/05 a 13/07 de 1977;presidente dessa academia Gestão 1981/1983 e 1989/1991e Diretor cultural 1985/1987. Autor da obra de Pau-Ferro a Natal: Memorias de um retirante. Natal, Engenho de Arte, 2004. 156p.

Manoel Sobral de MedeirosManoel Sobral de Medeiros (falecido em 23/04/2009). Gestão 1983/1985. Nascido em 14 de fevereiro de 1918, Santana de Matos/RN, filho de João Batista Medeiros e Umbelina Sobral Medeiros. Procurou desde cedo a ajudar sua família, trabalhando e estudando. Fez o curso técnico na Escola Técnica do Comércio de Natal-RN e graduou-se Bacharel em Ciências Contábeis. Foi Auditor Fiscal do Tesouro Nacional, lotado na Delegacia da Receita Federal de Natal, Chefe de fiscalização e delegado interino, onde se aposentou no dia 21 de março de 1983. Ministrou cursos sobre o Imposto de Renda Pessoa Jurídica para Contadores e Empresários. Membro e Presidente do Conselho Deliberativo da UNAFISCO NACIONAL.Mas esse bravo guerreiro não desempenhara somente um ofício. Era cheio de habilidades e competência que o possibilitaram atuar como membro do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte e Presidente da Câmara de Contas; Membro fundador da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ocupando a cadeira de número 13-Patrono José Ferreira de Souza. Nessa Academia foi Presidente no período de 1983 a 1985 e membro da Comissão de Contas-1981/1983-1987/1989. Coordenador Geral da ADESG-RN – Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra de Natal-RN e Assessor Administrativo nesse órgão. Auditor Independente. O Contador Manoel Sobral de Medeiros, grande herói na guerra e na vida, pela pátria, pela sua família, pelo RN e pelos seus ideais. Por seu trabalho e bravura recebeu várias outorgas: Diploma de Colaborador Emérito do Exército, Destaque da Aeronáutica conferido pelo comandcante CATRE, Diploma da Sociedade Amigos da Marinha do Rio Grande do Norte – SOAMAR – RN, Associação Nacional dos Veteranos da FEB, pela sua participação nas operações da Segunda Guerra Mundial na Itália. Junto aos diplomas ganhou também, Medalhas: Ex-Combatente da FEB, Mérito Presidente Cafe Filho e a dos Amigos da Marinha.

IVANILDO ALVES MESSIASIVANILDO ALVES MESSIAS, Gestão 1985/1987.  Brasileiro, Casado, residente domiciliar de Natal – RN, Professor: Ivanildo Alves Messias (Aposentado) Titular da UFRN, UnP, dos cursos de Ciências Contábeis e Administração, vice coordenador e posterior coordenador do curso de ciências contábeis da UFRN, membro na comissão da banca examinadora do concurso de professor colaborador na área contábil em 1978 e de professor auxiliar de ensino de 1980, Ex-presidente do conselho curador da UFRN e nos anos seguintes presidente do conselho de curadores da UFRN por dois mandatos, fundador na comissão criadora do laboratório de contabilidade da UFRN de 1980 fundador da Universidade APEC hoje UnP, e membro da comissão organizadora e coordenadora da Fundação da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis – 26/05 a 13/07 de 1977, membro fundador da Academia Norte Rio-grandense de Ciências contábeis conforme a Ata da AGI 16/07/1977, presidente 1985/1987, Vice-presidente da Academia; Ex-presidente no exame de 1987/1988, Contador ativo a 50 anos de profissão, CRC 0681/0, Ex-presidente do CRCRN 1988/1989, Ex conselheiro durante 1974/1977 e 1978/1981, Bacharel em Teologia em 2003, pós graduado no curso de especialização em Ciências contábeis de 1983/1985, no curso de especialização em Administração 1977/1978, Ex auditor independente do CRCRN sobre o nº 4 em 1972, membro Efetivo e Perpétuo da Academia Brasileira de Ciências Contábeis, cadeira nº 31, tem como patrono o mesmo acadêmico e primeiro ocupante desde, 22/10/1986, membro e presidente do instituto de Auditores internos do Brasil, Ex- auditor Independente na CVM como pessoa física e hoje diretor técnico Administrativo da Empresa Messias Auditoria e Consultoria S/C, na CVM sob o nº 51/1979, Medalhas de Campus Sales, Carlos Gomes, Carlos de Carvalho, Barreto Leme nos anos de 1974/1981 pela prefeitura municipal de Campinas SP, Medalha Mérito Contábil Maranhense pelo CRC/MA em 1989, Medalha de Honra no 10º Congresso Brasileiro de Medalha em 1976, Medalha de Honra ao Mérito do 40ª Aniversário da regulamentação da profissão contábil no Brasil em 1986, Patrono e Paraninfo dos cursos de Ciências Contábeis, Administração e Economia da UFRN, Secretário Geral da 11ª Convenção Nacional de Contabilista em 1986, Coordenador Geral do 1º Encontro Nacional de Estudante de Contabilidade em Natal – RN 1986, Certificado 1º encontro Seridoense de Contabilidade – palestrante em Caicó 06/1984, Certificado Mérito Contábil do 50º do CRCRN em 1998, Certificado da UFRN pelo relevante atuação no desenvolvimento do estado RN e na formação acadêmica dos profissionais do curso de Ciências Contábeis do Centro de Ciências da UFRN em 2010, Homenagem pelo trabalho de formação de nível de graduação como Coordenador no Curso Ciências Contábeis 1991/1993, Diploma pela Câmara Municipal de Natal relevante serviço prestado na cidade de Natal, Certificado de participação no Seminário Ciências Bíblicas em 2009 na Sociedade Bíblica do Brasil, Certificado e Registro 1625 Como Locutor Apresentador, Animador-Radialista, participante dos Congressos Nacionais e Convenções do Conselho Federal de Contabilidade e Congresso Internacional de Contabilidade do Mundo Latino, em Uberlândia – MG, Gramado – RS, Fortaleza – CE, Cuiabá – MT, sendo ainda membro do Conselho Consultivo do CRCRN, da Academia Norte Rio-grandense de Ciências Contábeis – 2010/2014, 2º Diretor Financeiro do Sescon RN.

Reginaldo Teófilo da SilvaReginaldo Teófilo da Silva, (falecido em 12/05/1999 ) Gestão 1987/1989  Nascido em Natal-RN, em 04 de junho de 1929, sendo filho de Joaquim Theóphilo da Silva e Stelita Fernandes da Silva. Começou cedo a trabalhar para custear seus estudos, após a conclusão do curso de Contabilidade na Escola Técnica de Comércio de Natal, em 1946. Exerceu a função de Professor de Contabilidade Industrial e Mecanografia, na escola onde se formou técnico, no período de 1948 a 1953. Fundou o 1º Escritório Modelo do SENAC-RN, onde foi Diretor e Professor de Contabilidade, Análise de Balanços e Legislação Tributária, no período de 1952 a 1956.  Graduou-se, em 1959, na Faculdade de Direito de Natal-RN, sendo a primeira turma da instituição. Exerceu o Magistério em Disciplinas relacionadas ao comércio, tanto no nível de técnico como Professor de diversas disciplinas do Curso de Contabilidade e Administração da UFRN. Professor, a partir de 1965, na ex-faculdade de Ciências Econômicas, Atuariais e Contábeis-RN, depois incorporada pela UFRN, quando ministrou as disciplinas Estrutura e Análise de Balanços, Auditoria, Legislação do Trabalho, de Previdência e Tributária, Marketing, Contabilidade Gerencial e Administração Financeira. Foi Professor de Mestrado de Administração da UFRN, lecionando Administração Financeira. Exerceu as funções de Contador e de Diretor Tesoureiro da Comercial Wandick Lopes S.A., no período de 1947 a 1956. Em março de 1956, resolveu investir os conhecimentos adquiridos no seu próprio negócio, surgindo a Comercial Régio S.A. Ávido leitor e estudioso desde novo, dono de uma biblioteca invejável, adquirida ao longo da vida, o que lhe trouxe cultura e conhecimento, tendo como hábito anotar frases e ensinamentos que viriam a enriquecer seu dia a dia, o levando a ser um bom orador, com uma memória prodigiosa. Aliado a tudo isso, era obcecado pelo trabalho, tornando-o grande empreendedor e visionário, culminando com a abertura na Av. Rio Branco de sua empresa, trazendo surpresa para todos, já que o comércio, na época, se desenvolvia na Ribeira. Com uma nova filosofia na exposição dos produtos, no atendimento e na comercialização, implantou o crediário, rapidamente conquistou uma vasta clientela.  Por tudo que se apresentava, além de muito organizado, rapidamente passou a ser líder de classe, desempenhando diversos cargos: Fundador do Sindicato dos Contabilistas do RN e Presidente 1953/1956; Fundador e 1º Presidente do Clube de Diretores Lojistas do RN, hoje, Câmara de Diretores Lojistas; Membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial do RN; Presidente da Federação do Comércio RN; Membro do Conselho Regional do SESC e do SENAC-RN; Vice-Presidente da Confederação Nacional do Comércio, Representante Patronal na Junta de Julgamento e Revisão do IAPC, em Natal; Delegado do Sindicato do Comércio Varejista do RN, junto ao Conselho de Representantes da Federação do Comércio do RN; Diretor para assuntos Tributários da Confederação Nacional do Comércio; Juiz Classista do Tribunal Regional do Trabalho da 21ͣ  Região; Membro do Conselho Deliberativo da  SUDENE, representando a Confederação Nacional do Comércio. Teve participação marcante em várias outras áreas, como Diretor da LBA–RN (Legião Brasileira de Assistência); Diretor Presidente da Álcalis do RN (ALCANORTE) e Presidente da Companhia Nacional de Álcalis; Presidente da ARENA (Aliança Renovadora Nacional) por 19 anos; Vice-Presidente do PDS; Diretor do América Futebol Clube; Fundador e Presidente do Lions Clube de Natal-Centro. Participou como representante do governo do RN e do SENAC/RN, do III congresso Ibero-Americano de formação profissional de mão-de-obra em Madrid (1967). Membro da comissão organizadora e coordenadora da Fundação da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis – 26/05 a 13/07 de 1977; presidente dessa academia 1987 a 1989.

José Pinto FreireJosé Pinto Freire, Gestão maio a outubro de 2010. Nasceu em Macaíba-RN, é cidadão Natalense pela Lei municipal n. 1.671/67, recebeu a “medalha de MÉRITO ALBERTO MARANHÃO por Decreto nº 3.615 de 15/03/1960; Pertenceu a polícia militar do estado do Rio Grande do Norte, chegando a 1° sargento em 1946; Concluiu o curso de técnico em contabilidade na Escola Técnica de Comércio de Natal em 1948. Com o decreto Lei 9295/46 que regulamentou a profissão contábil, seu diploma foi averbado pelo ministério de educação e cultura, à categoria de contador; Atuou na função de escriturário classe “F” no departamento da fazenda do Rio Grande do Norte, a partir de 1946 e em 03 de novembro de 1955, passou a Inspetor Fiscal Geral, aposentando-se em 11 de julho de 1963; Destacou-se na política partidária desde 1955, sendo vereador da câmara Municipal de Natal, atuando na condição de 1º secretário, vice-presidente, e presidente. Foi prefeito da cidade de Natal – 1960. Exerceu também, o cargo de Secretário Municipal de Serviços Urbanos; Presidente da Associação Comercial de Currais Novos por dois anos, a partir de 25 de junho de 1966; Presidente da Associação Brasileira de Revendedores Autorizados de veículos (ABRAVE). Delegacia Distrital do Rio Grande do Norte, biênio 1976/1977; Na condição de cidadão classista: Presidiu o sindicato dos contabilistas do Rio Grande do Norte de 25 de abril de 1960 a 25 de abril de 1970;Conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte, eleito em 1965, chegando a presidência daquele órgão no biênio 1986/1987; Membro fundador da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis em 16 de julho de 1977, cadeira n º 12 Patrono – Carlos Serrano, participante ativo da Diretoria daquele órgão – Vice-presidente 1983/1985, Diretor Social  1979/1981, membro efetivo da comissão de contas 1987/1989, membro da comissão de contas de junho a out 2010 e membro conselho consultivo 2010/2014. Hoje, após 20 anos de silêncio da academia, faz parte do momento histórico de resgate dessa instituição, assumiu  a presidência em caráter interino, a partir de 19 de maio até 15 de outubro  de 2010. No direcionamento de sempre SERVIR, realizou relevantes ações: Membro ativo do Lions Clube de Natal, chegando à presidência do órgão; Destaca-se na qualidade de Presidente de honra de algumas associações beneficentes. Atualmente tem o mérito da presidência do Consórcio Eldorado-Natal-RN.

A pesquisa elaborada para evidenciar o perfil dos presidentes dessa academia se fundamentou nos registros catalogados em atas das assembleias realizadas de natureza ordinárias e extraordinárias durante o período de 1977 a 1991, e de maio a outubro de 2010, fase do resgate dessa instituição.

Os registros mostram que a gestão de 1977/1979 – presidente Eufran de Oliveira Souza marcou o período de legalização da Academia mediante aprovação do Estatuto Social na assembleia de 22 de setembro de 1977, publicação dos Estatutos no Diário Oficial em 19 de Outubro de 1977 e o respectivo registro no Primeiro Ofício de Notas – Natal-RN no dia 25 de outubro de 1977 – número 104 – livro 10 – folhas 01 a 02. A emissão da certidão de registro aconteceu pelo Diário Oficial de 26 de Outubro de 1977, fato associado ao Cadastro Geral de Contribuinte do Ministério da Fazenda – Secretaria da Receita Federal – Sob número 08.380.206/0001-04, com sede na Rua João Pessoa, número 219 – 6° andar – salas 607/608 – Natal-RN. Outro fato importante nesse processo se refere à discussão e aprovação do Regimento Interno com a realização da assembleia em 06 de outubro de 1977, para que dessa forma a organização pudesse trilhar seu funcionamento de maneira regulamentada.

O conjunto de gestão posterior, 1979/1981 – 1981/1983 – 1983/1985 – 1985/1987 – 1987/1989 e 1989/1991, período que marcou em julho de 1991, o aniversário dos quatorzes anos da instituição, demonstrou um forte relacionamento dessa Academia com a sociedade Norte-Rio-Grandense.

Observam-se nessa etapa a realização de um conjunto de eventos sociais, assembleias solenes marcadas pelo elogio dos acadêmicos aos seus patronos que foram prestigiadas pelas autoridades acadêmicas, (Reitores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, professores, escritores, poetas e estudantes da área contábil), familiares dos homenageados, a sociedade Potiguar, autoridades religiosas, Governadores e Secretários do nosso Estado e de outros Estados.

Esse período demonstrou a integração entre os gestores sob a liderança do patrono da contabilidade Potiguar, o saudoso Professor Ulysses Celestino de Gois, que de maneira sábia certificou essa Academia perante a sociedade ao fazer ampla divulgação na imprensa das finalidades e objetivos da criação dessa instituição. O momento caracterizou a consolidação das instituições representativas da Profissão Contábil Potiguar, unindo-se forças ao Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte – CRC-RN e o Sindicato dos Contabilistas do RN. A chegada da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis no meio acadêmico representou o surgimento de uma nova cultura para a profissão contábil. Despertou o incentivo à pesquisa científica, com a participação dos acadêmicos em congressos, convenções e encontros das academias, mediante apresentação de trabalhos científicos.

Ao contextualizar a atuação desses gestores, se formula um entendimento que essas diretorias foram fundamentadas no melhor servir a partir de uma política de integração social entre os acadêmicos fundadores. O mais importante, essa sociabilidade está evidenciada até o momento atual. A justificativa para essa marca é a lição deixada aos jovens contabilistas, pelo líder da promoção humana, o professor Ulysses, que pautou sua vida no espirito de colaboração, e fraternidade e cooperativismo.

Formou uma nova geração para a sociedade Potiguar. Personalidades que contribuíram naquela fase cultural da profissão contábil, atualmente permanecem na extensão educacional implementada pelo Patrono da contabilidade potiguar, gerando novos líderes a continuidade da grandiosidade da Ciência Contábil.

O exemplo de vida dedicada à profissão contábil fica para o acadêmico, contador José Pinto Freire, 90 anos, juntamente com os demais acadêmicos fundadores dessa Academia, que abraçaram o resgate da instituição a partir de maio de 2010 até outubro de 2010. O processo se pautou em uma sequência de etapas iniciadas por uma junta governativa presidida por José Pinto Freire, Assembleia Extraordinária 01/2010 – 14/09/2010, objetivando a convocação dos acadêmicos fundadores para discussão da composição de uma diretoria com a finalidade de comandar esse momento histórico. Essa ata foi registrada no Segundo Ofício de Notas – Natal-RN em 01/10/2010.

No dia 22 de setembro de 2010, aconteceu a assembleia geral extraordinária 02/2010, com a eleição e posse da nova diretoria 2010/2011, mediante a composição: Presidente: Jose Pinto Freire; Vice-Presidente: Francisco Jadir Farias Pereira e os demais cargos que constam da ata registrada em 01/10/2010 no Segundo Ofício de Notas – Natal-RN.

As ações continuaram mediante a realização da assembleia geral extraordinária – AGE 01/2010, que alterou o Estatuto Social de 19/10/1977. O novo Estatuto foi registrado no Segundo Oficio de Notas – Livro Próprio – A – número 108, folhas 64/72, sob o número de ordem 7624 – 01/10/2010. No dia 06/10/2010, aconteceu nova assembleia Geral Extraordinária – AGE – 04/2010, momento que o presidente José Pinto Freire apresentou a proposição da admissão de 13 acadêmicos convidados a compor o quadro de acadêmicos na categoria de membro efetivo, o que foi aprovado por unanimidade.

Essa ação objetivou a continuidade da organização, associada aos membros fundadores. Ao final dessa assembleia se registrou a renuncia da diretoria – 2010/2011, formando-se uma nova composição entre os membros fundadores e efetivos para uma gestão do período 2010/2014, fundamentada na reforma do Estatuto Social.

Essa é a marca da sociabilidade praticada entre os acadêmicos fundadores liderados pelo Professor Ulysses. No dia 15 de outubro de 2010, realizou a AGE 05/2010 com a eleição e posse d nova diretoria, composta por membros fundadores e efetivos, sob a presidência da Contadora Jucileide Ferreira Leitão conforme ata registrada no Segundo Oficio de Notas 25 de Novembro de 2010.

 

 

 

1.   PRESIDENTE ATUAL – GESTÃO DE 2010/2014

 

Jucileide Ferreira LeitãoJucileide Ferreira Leitão,Nasceu em Várzea-RN em 16/09/1960 – Filha de João Ferreira Leitão e Maria Augusta Leitão – Residente na Rua Henrique Castriciano, 241 – Petrópolis – Cep 59.012-430 – Natal-RN – E-mail juleitao@globo.com–   Bacharel em Direito – Universidade Potiguar – UNP – 2009, Especialista em Auditoria – Universidade Federal do RJ– UFRJ – 1997, Especialista em Controladoria – Universidade Potiguar – UNP – RN – 1995, Curso de Iniciação a Pesquisa cientifica – UNIPEC – 1995, Metodologia do Ensino Superior – UNIPEC – 1994, Bacharel em Ciências Contábeis – Universidade Potiguar – UNP – 1990, Tec. em Contabilidade e Contadora – CRC-RN – n. 3364, Vogal da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Norte – 1995/1998,  Pesquisadora com trabalhos publicados no Brasil e exterior;  Conselheira do CRCRN – 1994 a 2003;  Presidente do CRCRN – Gestão – 2000/2001 e 2002/2003; Membro do Projeto CFC Mulher Contabilista – 2002/2003; Representante da Comissão de Integração Regional do CFC – Nordeste – 2002/2003;  Conselheira Suplente e Membro da Câmara de Controle Interno do CFC – 2004/2005 Coordenadora da Comissão de elaboração das provas do 9° Exame de Suficiência – 2004;  Coordenadora do Projeto CFC de Integração Estudantil 2009/2011;  Conselheira efetiva e Membro da Câmara de Controle Interno do CFC – 2006/2009;  Conselheira efetiva e Presidente do Conselho Fiscal da Fundação Brasileira de Contabilidade – FBC 2010/2013. Colaboradora do Projeto Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis – Uma busca através dos tempos – Projeto Departamento de ciências contábeis – UFRN – Administradora da Empresa Jucileitão Assessoria Contábil Ltda S/S – Presidente da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis 2010/2014.

A Diretoria dessa academia empossada no dia 15 de outubro de 2010, assumir o compromisso de zelar pela sua continuidade e longevidade. Após o excelente momento do seu resgate vivenciado pelos membros fundadores, que foram gratos ao apelo da comunidade acadêmica no auditório da reitoria da Universidade Federal do RN no dia 06 de maio de 2010, fica para esse grupo, a coragem de nos espelharmos no período de atuação da diretoria criada para a fase histórica do resgate da Academia, e trabalharmos de forma fervorosa.

Nessa ótica, entre o intervalo de 15 de outubro/2010 a dezembro/2011, procuramos desenvolver ações em conjunto (diretoria e demais acadêmicos fundadores e efetivos), no intuito de solidificarmos a permanência dessa Academia no meio acadêmico do nosso Estado.

Na contextualização das ações desenvolvidas merecem destaque: Admissão de acadêmicos na categoria de membro efetivo, entre novembro/2010 e dezembro/2011; Preenchimento do quadro dos acadêmicos na AGE 06/11 – 05/12/2011, quando completamos as 40 cadeiras; Homenagem a personalidades do nosso Estado e do Brasil, entre profissionais da contabilidade e áreas afins, observando-se as figuras dos membros Honorários e Beneméritos, conforme normatização do Estatuto Social; Realização de uma média de 12 (doze) assembleias, entre, Assembleia Geral Ordinária e extraordinária; Comemoração de forma especial, a data 16 de julho (2010 e 2011), caracterizados respectivamente, os 33 e 34 anos da institucionalização da Academia; Inauguração da galeria dos Presidentes dessa Academia de 1977/1979, 1979/1981, 1981/1983, 1983/1985, 1985/1987, 1987/1989, 1989/1991, maio a outubro de 2010 e 2010/2014; Regularização da Academia perante os órgãos federal, estadual e municipal; Divulgação da Academia perante a sociedade Contábil Norte-Rio-Grandense, mediante apoio na realização de eventos junto a Universidade Federal do RN, Conselho Regional de Contabilidade do RN, com ênfase ao 1° Encontro Regional de Contabilidade -ERECON – 12 a 14 de outubro de 2011 – Centro de Convenções de Natal-RN, uma realização de um grupo de jovens acadêmicos da contabilidade;Parceria com o sistema contábil brasileiro – Fundação Brasileira de Contabilidade – FBC, Academia Brasileira de Ciências Contábeis – ABRACICON, Conselho Federal e Regionais de Contabilidade – RN – MG – PB – AM – RJ e PE;  Exposição do Museu Itinerante do Conselho Federal de Contabilidade – CFC em Natal-RN, no período de 07 a 21 de outubro de 2011, sendo uma realização da ABRACICON – CFC – FBC e CRCRN;  Realização de um curso voltado a internacionalização da contabilidade – aplicação dos IFRS, ministrado por essa presidente (projeto do CFC – FBC – ABRACICON e CRCRN – junho/2011);  Realização de Assembleias no meio acadêmico em instituições de ensino a nível federal, estadual e privado ( 4 assembleias – contando com a participação dos docentes e discentes das instituições); Interiorização da Academia com instituições de ensino do interior do Estado (AGE 05/2011, Mossoró-RN – 25/11/2011 – Campos da Universidade Estadual do RN);  Integração social entre os acadêmicos e familiares, quando da realização de quatro jantares de confraternização por adesão; Parceria com outras Academias de Ciências Contábeis – (Amazonas, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco); Participação no 1° encontro promovido pela academia Pernambucana de Ciências Contábeis – set/2011, quando essa presidência, representou a Pte. da Academia Brasileira de Ciências Contábeis – Contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim  ao ministrar a palestra: A evolução das Academias de Ciências Contábeis no Brasil; Parceria com o Sindicato dos Contabilistas do RN, para fixação da sede da Academia na sala 01  – Contador, Professor e Doutor Antônio Lopes de Sá – Pça. André de Albuquerque – 04 – Cidade Alta – Natal – RN;Apresentação dos trabalhos de elogio ao patrono e primeiros ocupantes das cadeiras direcionadas aos acadêmicos: Paulo Viana Nunes, Jucileide Ferreira Leitão, José Dionísio Gomes da Silva, José Jeová Soares, Márcia Josienne Monteiro Chacon, Josélia Maria Rodrigues de Andrade e PollyannaIsabele de Andrade Sousa; Reformulação do Estatuto Social e do Regimento Interno – 2ª alteração para legalização da sede jurídica dessa academia.

Na continuidade desse trabalho, espera-se o aperfeiçoamento das ações efetivadas no 1° ano de gestão – 2010/2011. Ao trabalharmos nesse direcionamento, pretende-se enfatizar o processo de qualificação profissional em observância ao cumprimento dos objetivos da Academia na forma estatutária. Por essa ótica, buscaremos novos parceiros para implementação dos projetos programados.